Artigos e Notícias

Orientações às Pequenas Comunidades Eclesiais Missionárias

 

OITAVO ENCONTRO CATECUMENAL E O PRIMEIRO DIA DO TRÍDUO DE PENTECOSTES

Na próxima semana, celebraremos o oitavo encontro catecumenal, que se encontra no Informativo Diocesano do mês de junho. O tema proposto será sobre o Decálogo ou as Dez Palavras. O Decálogo trata dos Dez Mandamentos. Para a reza e estudo através do Informativo, eles foram divididos em três partes. Na próxima semana trataremos dos mandamentos sobre a nossa relação com Deus, isto é, os três primeiros mandamentos da Lei de Deus. Interagindo com o tema, o catecúmeno refletirá sobre, por exemplo: O que significa “Eu sou o Senhor, teu Deus” (Ex 20,2)? Por que motivo Deus quer que santifiquemos o Seu nome? De que modo os cristãos tornam o domingo no “Dia do Senhor”? Será uma reflexão importante para aprofundamento da fé e para a vida cristã.

A Diocese de Umuarama está vivendo o Projeto Rumo ao Jubileu Diocesano baseado nos cinco eixos ou aspectos fundamentais para uma boa evangelização e construção da Nova Paróquia. Para vivermos melhor este tempo jubilar diocesano que perdurará até o ano de 2023, celebraremos um dia do Tríduo neste ano, outro no ano de 2021 e , por fim, terceiro dia, no ano de 2022. Serão momentos específicos em que cada paróquia, pequena comunidade ou grupo, poderá refletir, rezar e celebrar a beleza deste grande momento histórico de nossa Diocese. E nesse final de semana celebraremos o Domingo de Pentecostes e, portanto, a Festa do Divino Espírito Santo e Padroeiro de Diocese de Umuarama. Está agendado o primeiro dia do Tríduo. Porém esta celebração foi adiada por motivo de estarmos vivendo o isolamento social durante este tempo da pandemia. Esteja atento. Anunciaremos uma nova data ainda para este ano.

Estamos próximos de celebrar, mesmo que online, a solenidade de Pentecostes. Está no livro dos Atos dos Apóstolos: “Os apóstolos voltaram para Jerusalém (…) Entraram na cidade e subiram para a sala de cima, onde costumavam reunir-se (…) Todos eles perseveravam na oração em comum, junto com algumas mulheres e Maria, mãe de Jesus (..)” (At 1, 12-14). A nossa vivência cristã nesse tempo de pandemia, se assemelha, de certa forma, com esta cena. Entramos com medo e, como que, derrotados em nossa casa para nos isolarmos socialmente. Vençamos o medo, a insegurança e incertezas que constantemente nos invadem. De que forma faremos isso? Reunidos em nossa casa com a presença de Maria, a Mãe de Jesus, e dos Apóstolos reunidos com os sentimentos de unidade e perseverantes na oração. Desse modo, estaremos mais sustentados na fé, vivendo sempre na esperança de dias melhores.

ORAÇÃO

Deus Pai Amoroso, que o Espírito Santo abra o nosso coração à sua Palavra. Que a sua luz possa dar sentido e rumo para a nossa vida; que nela encontremos coragem, esperança e, principalmente, aprendamos a amar. Aumentai a nossa fé para que vivamos mais intensamente a vida, que consiste em vos conhecer e a vosso Filho que enviaste. Amém.

Que Deus, nosso Pai Amoroso, vos conceda a sua graça e bênção: em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Um abraço a todos e muita paz e fé!

Pe. Carlos A. Gomes e Equipe Diocesana de Evangelização

Diocese de Umuarama-PR

Deixar um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.