Artigos e Notícias

Já faz algum tempo que me faço a pergunta: por que devo estudar a História da Igreja Católica? Perco horas e horas refletindo sobre isso e quase sempre, não consigo ter uma única resposta.

Isso me inspirou a escrever esse texto: justificar, em poucos parágrafos, a importância de estudar a História da Igreja Católica. Não é fácil. Mas, vamos lá:

No decorrer da nossa caminhada de fé, surgem diversos questionamentos a respeito da História da Igreja, dentre eles, os mais comuns:

  • Qual é a origem histórica da nossa Igreja?
  • Como a Igreja se expandiu ao ponto de se tornar presente no mundo todo?
  • A Igreja errou no correr de sua história?
  • E a Reforma Protestante? E a Inquisição?
  • A Igreja apoiou a escravidão no Brasil?

Estudar a História da Igreja Católica, antes de mais nada, nos oferece a possibilidade de RECONHECER os diversos erros que o catolicismo cometeu no correr de sua existência. Ah, mas isso ninguém gosta… O gostoso é falar só das coisas boas… contar vantagem!

Nada disso!! É obrigação de todo católico reconhecer os erros e percalços do passado de sua Igreja. Afinal, qual o problema? A sua fé não pode e nem deve ser FRÁGIL.

E esse é o ponto onde eu queria chegar: entre os diversos motivos para estudarmos a História da Igreja, o principal sem dúvidas é: fortalecer e amadurecer a nossa fé! Não vejo motivação maior para ler sobre toda a vida da Igreja; os erros e acertos.

Então, afinal, por que devo estudar a História da Igreja? Porque muito mais do que “defender” sua fé; você precisa madurá-la. E se dois mil anos de história não te ajudar a crescer na fé, nada mais o fará!

Mas, para que isso seja possível, devemos aprender a estudar de forma correta a História da Igreja. Precisamos urgentemente parar de dar audiência para os vídeos e textos sensacionalistas; que mais confundem do que instruem. É necessário ter seriedade. 

E você, tem interesse em aprender a analisar História da Igreja? Fique de olho nas próximas publicações! Até mais!

Daniel Longhini Vicençoni
Professor – Mestrando em História pela UEM

Deixar um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.