Artigos e Notícias

Parte 1

DANIEL LONGHINI VICENÇON

Esse é o primeiro texto de quatro que serão publicados aqui no site do Centro de Estudos Teológicos “São Paulo VI”, sobre as perseguições que os cristãos sofreram nos primeiros séculos de sua história.

Para que nós possamos compreender melhor o início da história do cristianismo, devemos antes de mais nada, ter em mente que a ascensão do cristianismo no Império tem como parte em sua história uma sequência de perseguições aos seus fiéis – que, na perspectiva dos romanos, fazia sentido –.

A primeira perseguição foi liderada pelo Imperador Nero e aconteceu aproximadamente nos anos 60 do primeiro século. Os cristãos por negarem prestar culto ao Imperador (que possuía um caráter sacro), eram vistos como uma ameaça ao Império.

“Daí, pois, o que é de César a César, e o que é de Deus, a Deus” Mt 22, 22.

Essa frase representou-se como um posicionamento claro e direto frente ao Imperador.  

Devido a isso, logo na primeira perseguição empregada por Nero, os cristãos serviram como entretenimento nas arenas romanas; devorados por leões, queimados e crucificados.

Por incrível que pareça, essa nem foi a pior perseguição. Foi só a primeira. Fique ligado aqui no site que logo vai sair a continuação. Abraços!

Deixar um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.